China abre para visitas 'Casa de Porcelana'

Atração conta com mais de 400 milhões de peças de porcelana que custaram US$ 65 milhões

BBC Brasil, BBC

04 de setembro de 2007 | 10h01

Foi aberta para o público, na China, a "Casa de Porcelana". O local é decorado com mais de 400 milhões de peças de porcelana, colecionadas durante 20 anos pelo empresário chinês Zhang Lianzhi. Ele desembolsou US$ 65 milhões para ver seu sonho realizado. Lianzhi diz que a porcelana chinesa é uma herança cultural muito importante do país, e que todos os cidadãos têm o dever de fazê-la perdurar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.