Chegou a vez dos perfis de SP

Personalidades que ajudaram a fazer a história de São Paulo serão o tema da coleção Avenida Paulista, projeto editorial das editoras Ediouro e Relume-Dumará. Os livros da coleção, que deve começar a chegar ao mercado em janeiro, serão pequenas biografias de pessoas que, nascidas em São Paulo ou não, tenham deixado seus nomes gravados na memória da cidade. Assim, as editoras já confirmaram uma lista inicial de biografados. Eles atuam, ou atuaram, em áreas distintas, mas têm em São Paulo algo de comum. Mário de Andrade e Hebe Camargo são nomes certos da coleção. Monteiro Lobato e Pelé também. Rita Lee, Jânio Quadros, Ayrton Senna, Lygia Fagundes Telles idem. ?Chamar a coleção de Avenida Paulista é para incluir pessoas que não são paulistas?, diz Jiro Takahashi, gerente editorial da Ediouro. Ele cita o caso de Pelé, que é mineiro de Três Corações, mas lançou-se para o mundo jogando no Santos Futebol Clube: ?Pelé deve muito a São Paulo e São Paulo deve muito a Pelé?. Jiro Takahashi avisa que, se depender da sua vontade, os livros da coleção Avenida Paulista servirão para esquentar os motores para a comemoração dos 450 anos de São Paulo, em 2004. Por isso ele prefere não dizer quantas biografias vai editar. ?É uma coleção aberta, pretendo que tenha sempre mais livros?, diz. Com o projeto, Jiro afirma que vai dar uma contribuição à auto-estima de São Paulo. ?Divulgar essa pluralidade, pessoas que fizeram bem a São Paulo e a quem São Paulo fez bem, dá um motivo de orgulho para as pessoas?. Um time de jornalistas e escritores foi escalado para dar conta da tarefa de escrever as biografias da coleção. Entre eles, Daniel Piza e José Castello, do Estado. Piza escreverá sobre Ayrton Senna, enquanto Castello falará de Pelé. Alguns dos outros biógrafos são Ricardo Arnt (Jânio Quadros), Ricardo Prado (Monteiro Lobato), Carlos Haag (Mário de Andrade), Geraldo Mayrink (Rita Lee), Carlos Graieb (Lyga Fagundes Telles) e Ricardo Soares (Hebe Camargo). Avenida Paulista é inspirada em outra série de biografias reunidas em torno de uma cidade: a coleção Perfis do Rio, sucesso editorial da Relume-Dumará em 1999. Esta série contou com biografias de Oscar Niemeyer, Chico Buarque e Ana Cristina Cesar, entre muitos outros. Agora é a vez de São Paulo homenagear seus grandes nomes. Jiro Takahashi afirma que as duas coleções vão ficar bem parecidas, mas Avenida Paulista terá mais imagens. ?Quero fazer um livro ilustrado, com o máximo de imagens em cada livro?, diz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.