Chef reformula, dos EUA, o cardápido do Le Tan Tan

O criativo e talentoso chefe Adilson Soares está conseguindo a proeza de orientar de longe e deixar a sua marca positiva no gostoso e descolado Le Tan Tan. Adilson trabalhou durante muito tempo na casa e agora, de Nova York, fez o novo cardápio e orientou o chefe-executivo Evandro Rodrigues, que é quem põe a mão na massa e vem demonstrando competência. Os dois chefes se conhecem, trabalharam juntos durante muito tempo e estão conseguindo compor uma equipe afinada. A decoração não mudou. Fachada simpática de cor viva, com uma fonte de água corrente, um bar comprido na entrada e, ao lado, o salão bem aberto, ideal para os dias de verão, com a armação de madeira que sustenta o teto e os dutos do ar condicionado à vista. O novo cardápio mantém as linhas gerais que marcaram a casa e apresenta várias receita usando ingredientes brasileiros. Alguns exemplos: bolinhos de carne-seca com ervas (R$ 9); remoulade de pupunha com páprica, queijo brie empanado e salada de ervas (R$ 15, uma entrada); confit de pato com palmito pupunha, couve tronchuda e tamarindo (R$ 29) e pintado grelhado com aspargos verdes, couve e maracujá (R$ 27).A execucação de Evandro ficou à altura do cardápio de Adilson. Excelente o atum praticamente cru, apenas com a superfície sapecada pelo fogo, com crosta de gergelim, gengibre e salada verde (R$ 13). Algumas das carnes estavam ótimas, como a costela de boi desossada, cozida no vinho tinto e servida com polenta cremosa e agrião (R$ 24). No setor de peixes, bons os filés de saint-pierre, um tipo de tilápia, com um molho estimulante, com boa acidez, de vinagre balsâmico e vinho do Porto (R$ 29). Entre as sobremesas: crocante de banana-prata e creme de maracujá (R$ 6); flã de cacau, sorvete de tapioca e calda de chocolate (ótima, bastante doce, R$ 8) e cheesecake com sorvete de açaí e carambola (R$ 8). O serviço nunca foi o forte da casa, mas os garçons se esforçam e são simpáticos.Le Tan Tan. Rua Álvaro Annes, 43, telefone 3814-8662. Alto de Pinheiros. De segunda a sexta, das 12 às 15h30 e das 19h30 à 0h. Sábado, das 12 às 16 e das 19h30 à 0h30. Domingo, das 12h30 às 16h30.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.