Che de Benicio del Toro estréia em Los Angeles

Em Hollywood, filme estreiou em versão completa, de 4h30 de duração

EFE

02 de novembro de 2008 | 13h19

O ator porto-riquenho Benicio del Toro esteve acompanhado por vários compatriotas na premiere de Che, celebrada esta noite em Hollywood.   Veja também: 'Che' terá sessão extra nesta sexta no Cinesesc, em São Paulo   Del Toro foi a estrela latina sobre o tapete vermelho em que se reuniram um elenco de artistas de Porto Rico, como Kahlil Méndez, que fez parte de Che, e o cada vez mais popular Amaury Nolasco.   "Eu o admiro muito", disse Nolasco sobre Del Toro, que por sua vez assegurou que nunca havia sentido tanta responsabilidade ao interpretar um personagem.   "Sem dúvida", afirmou categórico o ator sobre a importância que a figura de Che Guevara teve, "não só para Cuba como para toda a América Latina, ainda que fosse uma outra época".   O ganhador do Oscar por Trafic (2000) defendeu o perfil guerrilheiro do revolucionário argentino e rejeitou a idéia de que , se tivesse vivdo no séc. 21, Che seria considerado um terrosritsta.   "Ele acreditava na pena de morte, há muitos que acreditam, e combateu 'fuzil contra fuzil'. O terrorista combate 'fuzil contra nada', contra espadas. Ele combatia exércitos", afirmou.   Che estreiou em Los Angeles em seu formato completo, com 4h30 de duração, incluindo as cinebiografias Che e Che - A Guerrilha. Steven Soderbergh, o diretor, descartou que o tamanho do longa seja um fator a mais para modificar o ponto de vista dos americanos sobre Cuba.   Segundo o diretor, "a situação entre os EUA e Cuba vai melhorar de outra forma, e não acredito que os filmes possam mudar a opinião sobre nada. Não há dúvida de que é tempo par auma nova tentativa de aproximação. O embargo não conseguiu nada".   Um dos atores mais esperados na premiere foi Joaquin Phoenix, que recentemente anunciou que se afastaria das telas para dedicar-se à música. Phoenix passou apressado pela entrada do teatro, fumando com a barba grande, estilo que identificou os guerrilheiros cubanos.

Tudo o que sabemos sobre:
benicio del torochesteven soderbergh

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.