Chávez é um Mussolini tropical, diz Carlos Fuentes

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, é um "Mussolini tropical", afirmou o escritor mexicano Carlos Fuentes durante um colóquio ontem à noite no Instituto Cervantes de Berlim. "Não tenho a mínima simpatia por Hugo Chávez. Chávez é um demagogo, um Mussolini tropical", disse o escritor estabelecendo um paralelismo com o ditador italiano. Segundo o escritor mexicano, Chávez arruinou economicamente seu país e pisou nos direitos fundamentais. Fontes, que teve seu colega espanhol Juan Goytisolo como parceiro em um debate que levava o título Diálogo das Culturas, se pronunciou a favor da abertura de fronteiras e a livre circulação de idéias e credos. Ele se posicionou assim contra o conhecido politólogo americano Samuel Huntington e sua tese sobre a existência de um conflito entre o Ocidente e o mundo islâmico. "Nós tivemos um choque de culturas, mas dessa colisão nasceu o México", disse Fuentes em referência à colonização espanhola.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.