Charlie Sheen negocia acordo com a Warner

Charlie Sheen bem que tentou, mas não conseguiu desbancar a estreia da nona temporada do seriado Two and a Half Men. Durante a exibição do primeiro episódio da série, Sheen foi entrevistado em outro canal por comediantes do programa Comedy Central. A concorrência, porém, não adiantou. Segundo pesquisas de audiência, 27,8 milhões de pessoas assistiram à CBS, detentora do seriado. Apesar de ter perdido o posto de protagonista para Ashton Kutcher, Sheen não está muito preocupado. Segundo pessoas próximas ao ator, Sheen receberá US$ 25 milhões da Warner Bros. para desistir da disputa judicial que move contra o estúdio, que o demitiu por mau comportamento em 2010. / EFE

O Estado de S.Paulo

21 de setembro de 2011 | 03h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.