Charlie Sheen chega a acordo de divórcio com esposa

O ator Charlie Sheen e sua terceira esposa, Brooke Mueller, de quem está separado, concordaram sobre os termos de seu divórcio, encerrando um breve e tumultuoso casamento que desmoronou após violentas discussões no Natal de 2009.

STEVE GORMAN, REUTERS

11 de fevereiro de 2011 | 08h45

Os documentos judiciais sobre o acordo de divórcio, que não poderá ser finalizado antes de maio, foram divulgados na quinta-feira no site TMZ.com.

As notícias sobre o acordo surgiram cerca de duas semanas depois que Sheen foi internado em uma clínica de reabilitação, após uma festa de 36 horas na qual o ator abusou do álcool e das drogas. A produção de sua comédia de TV de sucesso "Two and a Half Men", da CBS, foi interrompida após o incidente.

Sob os termos do acordo, que segundo a TMZ foi apresentado na quinta-feira diante do Tribunal Superior de Los Angeles, Mueller terá a guarda dos filhos gêmeos do casal, Bob e Max, de 2 anos, e Sheen terá de lhes pagar uma pensão de 55 mil dólares por mês.

Sheen, de 45 anos, e Mueller, de 33, estavam separados desde dezembro de 2009, quando o ator foi detido em uma estação de esqui em Aspen, Colorado, sob acusações de agredir a mulher durante uma discussão no dia do Natal.

Tudo o que sabemos sobre:
GENTECHARLIESHEEN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.