Gonzalo Fuentes/Reuters
Gonzalo Fuentes/Reuters

Chanel sobe nos telhados de Paris para exibir nova coleção e youtuber invade a passarela

Mulher foi reconhecida pela influencer Gigi Hadid; marca desfilou coleção primavera/verão com estética jovial e tons de coral e vermelho

Elizabeth Pineau, Reuters

01 de outubro de 2019 | 12h05

A Chanel fez suas modelos andarem pelos emblemáticos telhados de zinco cinza de Paris no desfile que apresentou nesta terça-feira, uma recriação atmosférica do horizonte da cidade que incluiu até um céu melancólico.

A marca francesa, conhecida pelos cenários extravagantes popularizados pelo falecido estilista Karl Lagerfeld, foi uma das últimas grandes grifes a desfilarem perto do encerramento da Semana de Moda de Paris, assim como a Louis Vuitton do grupo LVMH.

Todos queriam ver como Virginie Viard, sucessora de Lagerfeld que trabalhou durante muitos anos nos bastidores da Chanel, daria seu toque à marca após vários meses no emprego.

A coleção primavera/verão prêt-à-porter mais recente apareceu decididamente jovial, com versões cortadas e esportivas de seus famosos terninhos de tweed dando o tom e muitos tons de coral e vermelho.

Kaia Gerber, filha de 18 anos da modelo Cindy Crawford, usou uma saia curta branca e larga combinada com um top de tule tomara que caia "estilo Brigitte Bardot" e um minichapéu de caubói excêntrico.

A rapper Cardi B e a atriz Isabelle Adjani estavam entre as celebridades convidadas na plateia, enquanto as modelos mostravam mini shorts prateados e vestidos com logotipos da Chanel.

Clientes leais da grife, muitas das quais são convidadas para ver os desfiles, expressaram opiniões mistas sobre a produção da nova estilista até o momento.

"O que Virginie Viard está fazendo é novo e feminino", disse uma cliente da Alemanha, acrescentando que usaria os shorts com prazer.

Uma cliente israelense ficou menos impressionada, dizendo que a Chanel precisa de uma chefe de criação com mais fator "uau". "Foi um pouco comum. (A fundadora) Gabrielle Chanel e Karl Lagerfeld tinham personalidades fortes, é isso que a marca precisa", opinou.

Invasão

Uma mulher toda vestida de Chanel causou uma pequena comoção no final do desfile ao se unir às modelos que davam uma última volta pelo cenário, atraindo sorrisos surpresos de outras convidadas. 

Ela foi identificada como Marie Benoliel, uma youtuber conhecida por se infiltrar em diversos eventos e publicar vídeos dos momentos no canal Marie's Infiltre.

Marie conseguiu driblar os seguranças e se infiltrar no desfile, mas não passou batida pela influencer Gigi Hadid, que a desmascarou. Após um pequeno 'enquadro', Marie saiu do desfile sem grandes problemas.

Veja vídeo do momento:

 

Confira as fotos do desfile:

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.