Chance para rever a premiada peça <i>Tauromaquia</i>

Dirigida por Maria Thaís, a Cia. Balangan vem desenvolvendo uma pesquisa sobre a clausura, que já resultou nos espetáculos Sacromaquia, criado em 2000, abordagem do universo de mulheres confinadas, e Tauromaquia, ambas premiadas. A segunda explora o universo masculino: desta vez, são vaqueiros ´presos´ à errância, incapazes de criar raízes e reestréia nesta quinta-feira no Tusp. Com apoio do Programa de Fomento à Cidade de São Paulo, a companhia prepara seu novo espetáculo, Západ, sobre a ´prisão´ cultural imposta pela divisão Ocidente e Oriente.Até fevereiro de 2007, a companhia vai fixar residência no Tusp, onde quer compartilhar o processo de pesquisa para a criação de Západ. Entre as atividades abertas ao público, uma série de palestras sobre o tema (leia ao lado) envolvendo professores universitários. E ainda vai promover oficinas com os criadores de Západ, entre eles os dramaturgos Luis Alberto de Abreu, Newton Moreno e Alessandro Toller, todas com participação gratuita. Tauromaquia. 95 min. 12 anos. Tusp (140 lug.). Rua Maria Antônia, 294, telefone 3255-5538. Hoje a dom., às 21 horas. R$ 15. Západ. Mais informações pelo tel. 3259-8342.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.