César Portillo, compositor cubano e defensor do bolero, morre aos 90 anos

Lista de intérpretes que cantaram suas canções traz nomes como Nat King Cole, Luis Miguel, Plácido Domingo, Caetano Veloso e Cristina Aguilera

O Estado de S.Paulo

06 de maio de 2013 | 02h06

O músico cubano César Portillo de la Luz, um dos mais renomados compositores cubanos e autor de músicas como Contigo en la Distancia e Tú mi Delirio, morreu no sábado, em Havana, aos 90 anos, informou a imprensa oficial do País, sem precisar a causa da morte. A Agência de Informação Nacional anunciou que "por vontade própria" o corpo do músico será cremado e suas cinzas serão expostas em uma funerária em Havana. Portillo foi um dos compositores mais prolíficos de Cuba e um dos grandes defensores do bolero. A lista de intérpretes que cantaram suas canções traz nomes como Nat King Cole, Luis Miguel, Plácido Domingo, Caetano Veloso e Cristina Aguilera. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.