César Maia negocia filial do Museu Hermitage

O prefeito do Rio de Janeiro, César Maia, iniciou nesta sexta-feira um processo de negociações com o Museu Hermitage, da cidade russa de São Petersburgo, para abrir uma filial carioca da instituição.César Maia se reuniu no escritório do museu com Guiorgui Vilinvajov, subdiretor do Hermitage. "Falamos sobre a possibilidade de aumentar a cooperação entre as autoridades do Rio de Janeiro e o museu", informaram à EFE fontes diplomáticas brasileiras.O prefeito se encontrou ontem com a Governadora de São Petersburgo, Valentina Matviyenko, no primeiro dia de sua visita de trabalho à Rússia. "Abordamos a possibilidade de iniciar um programa de intercâmbio de exposições de arte e outros atos culturais", acrescentou a fonte.Por enquanto, o Hermitage não considera a possibilidade de abrir uma filial do museu no Rio, mas ofereceu um acordo de colaboração similar ao que mantém com as autoridades de Amsterdã. Maia já tentou abrir uma filial do museu Guggenheim no Rio de Janeiro, mas seu esforço foi em vão. O prefeito do Rio discutiu ontem com Matviyenko a criação de um grupo de trabalho que prepare a assinatura de um acordo de cooperação entre as duas antigas capitais imperiais e segundas cidades de Brasil e Rússia, respectivamente. Outras medidas que serão aplicadas mais rapidamente são o intercâmbio de delegações empresariais e a organização de semanas culturais dedicadas às duas cidades. Esta é a segunda visita de César Maia à antiga capital dos czares. Ele viaja acompanhado de sua mulher e de seu chefe de Gabinete. O prefeito, que chegou ontem à Rússia procedente de Helsinque, concluirá sua viagem na Ucrânia, onde se reunirá na segunda-feira com o prefeito de Kiev, Alexander Omelchenko.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.