Centro Cultural São Paulo faz 21 anos

Há 21 anos era inaugurado o Centro Cultural São Paulo. Nada como ter convidados especiais para a festa. O ator Gianfrancesco Guarnieri é um deles. Hoje à noite ele volta ao palco, depois de um afastamento de quatro anos, no papel de um sábio e bem-humorado avô em O Pequeno Livro das Páginas em Branco. Voltada para o público adolescente, a montagem ficará em cartaz no horário das 19h30, na Sala Adoniran Barbosa que, em geral, abriga shows musicais. O artista paulista Nuno Ramos é o convidado especial da 1.ª Mostra do Programa de Exposições, que será aberta amanhã com trabalhos de Antonio Malta, Carolina Lopes, Iara Freiberg, Mirella Marino, Newman Schutze, Vanderlei Lopes e Cláudio Matsuno. Na exposição serão exibidos ainda os curtas Luz Negra e Duas Horas da Manhã, ambos de Nuno Ramos e Eduardo Climachauska. E também Nelson Cavaquinho, de Leon Hirszman. O Programa de Exposições do CCSP tem mais de uma década e, a cada ano, promove exibição de obras de artistas em início de carreira. Não são poucos os artistas hoje prestigiados que ganharam projeção depois de terem seus trabalhos exibidos nesse programa. Um velório é o ponto de partida de peça que foi premiada no 2.º Concurso de Dramaturgia promovido pela Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo. Seu autor, Jaime Celiberto, é também diretor do espetáculo."Fui pego pelo texto", confessou Guarnieri ao explicar os motivos de seu retorno ao palco. É realmente corajoso - e comovente - o mote de O Pequeno Livro das Páginas em Branco, a morte do pai. Natália tem 16 anos, seu irmão Dinho, um pouco menos. Interpretada por uma atriz de 17 anos, Greta Elefhteriou, Natália é a grande protagonista da peça, interpretando uma adolescente confusa e ressentida, vivendo aquele momentó típico. O Pequeno Livro das Páginas em Branco. Texto e direção Jaime Celiberto. Duração: 70 minutos. Terça e quarta, às 19h30. R$ 10,00. Sala Adoniran Barbosa. Até 9/7 1.ª Mostra do Programa de Exposições 2003. De 3.ª a 6.ª, das 10h às 20h; sáb. e dom., das 10h às 18h. Até 8/6. Abertura amanhã , às 19 horas Centro Cultural São Paulo. Rua Vergueiro, 1.000, tel. 3277-3611

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.