"Central do Brasil" está na matinê

Central do Brasil só não é o melhor filme de Walter Salles porque ele fez antes o ótimo Terra Estrangeira. Mas Central tem Fernanda Montenegro e ela faz a diferença. Seu personagem Dora é uma das criações mais emocionantes do cinema, uma escritora de cartas que engana seus clientes, ficando com o dinheiro, enviando apenas algumas. Tudo muda quando o menino Josué, que perdeu a mãe atropelada por um ônibus, insiste em saber se a carta a seu pai foi enviada. O filme levou multidões ao cinema, fez enorme sucesso em vídeo e na televisão. É um fenômeno que ajudou o brasileiro a redescobrir seu cinema, impulsionando público para a maioria das produções que o seguiram.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.