Imagem Fábio Porchat
Colunista
Fábio Porchat
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Censura do TRE

O TRE tirou do ar dois vídeos do Porta dos Fundos sob a alegação de que denegria a imagem do Garotinho, o então candidato ao governo do estado do Rio de Janeiro. Ora, TRE, se é para punir quem denigre a imagem do Garotinho, punam o próprio Garotinho. É ele, e somente ele, o responsável pelo seu triste passado e presente. Em 2010, houve uma tentativa de lei que proibia se fazer humor com candidatos durante o período das eleições. Essa lei caiu.

Fábio Porchat, O Estado de S.Paulo

12 de outubro de 2014 | 02h07

Claro! Muito espertos eles. Rir deles, depois que já estão eleitos, tudo bem, mas quando ainda correm o risco de não fazer parte da mamatinha, aí não! Hoje, a lei que prevalece é a que permite que se faça humor com qualquer candidato a qualquer hora. Ponto. Então, por que é que tiraram o vídeo do ar? Um vídeo de humor é uma opinião. Tão forte e importante como outra qualquer. Uma análise do Jabor, um comentário da Miriam Leitão tem tanta força quanto uma charge brilhante do Laerte ou do Jean.

Despertar a atenção do público para determinado assunto é importantíssimo para a nossa democracia. Se, na minha opinião, o Garotinho é o pior candidato possível para o cargo de governador do estado (ou de bedel de uma escola, ou de pipoqueiro da praça, ou de frentista de posto, ou de etc, etc, etc...), eu posso expor, sim, a minha opinião da forma que eu achar mais adequada para me fazer entender. Se a comédia foi a forma que eu escolhi, a comédia tem que ser respeitada. As pessoas têm total discernimento para entender o que o vídeo quer dizer e podem concordar ou não. O nosso canal na internet é de humor e é reconhecido por isso. Os nossos esquetes são o nosso ponto de vista sobre determinado assunto. Não permitir que eu me expresse desse, ou de qualquer outro jeito, é censura. Ponto.

E censura não pode, né TRE? Ou será que dependendo do candidato e da força que ele tenha por aí, pode? Será que o nosso vídeo foi tirado do ar por isso? Por que o Garotinho tem uns esquemas? Medo. Quem gera a possibilidade de humor são eles mesmos. Entenda, só rimos daquilo que reconhecemos. E o que conhecemos a respeito do Garotinho? Que ele é uma pessoa boa, responsável e correta? Pois é, se botássemos o Garotinho como um bom candidato, não teríamos piada. A não ser pela inversão de expectativa. Não podemos rir dos políticos, mas eles podem rir da nossa cara, é isso mesmo, TRE? Saiba que estamos rindo pra não chorar! Ou pior, não estamos nem mais conseguindo rir, porque vocês não deixam.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.