Celler de Can Roca é o melhor restaurante do mundo

El Celler de Can Roca foi eleito o melhor restaurante do mundo no ranking com os 30 melhores da revista Restaurant. Nas redes sociais, duas horas antes da cerimônia, a informação já tinha vazado. O título volta à Catalunha depois de três anos nas mãos do Noma, o restaurante de Copenhague comandado pelo dinamarquês René Redzepi que destronou o ElBulli (hoje fechado, também em Girona). Nos últimos dois anos, Can Roca foi o segundo colocado na lista e vinha sendo apontado como favorito.

29 de abril de 2013 | 17h21

 

O prêmio chega no auge da carreira de Josep, Jordi e Joan, uma coroação da carreira dos irmãos Roca, à frente de um dos restaurantes mais sofisticados e criativos do mundo há  26 anos. Joan é o chef principal da cozinha, Josep é o sommelier e cuida do salão e Jordi é o pâtissier. Os três dividem a concepção dos pratos da casa.

 

“Estou pirando, tinha expectativas, mas não me atrevia a comemorar”, disse Jordi ao jornal espanhol El País antes mesmo do anúncio oficial do prêmio, na tarde desta segunda (29).

 

Decepção e novidade. O brasileiro D.O.M, do chef Alex Atala,  era cotado para ser o primeiro, mas acabou perdendo duas posições em relação ao ano passado: era quarto colocado, agora é o sexto.  O Maní, restaurante de Helena Rizzo e Daniel Redondo, subiu cinco posições no ranking da 50 Best e ocupa hoje a 46ª posição entre os melhores do mundo. Os dois se conheceram na cozinha do El Celler de Can Roca, que acaba de alcançar o primeiro lugar do ranking. Leia mais sobre a trajetória do Maní.

 

Sudbrack, restaurante carioca de Roberta Sudbrack, caiu nove posições. Figura agora em 80° lugar. Conheça a carreira da chef.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.