Celebridades ganham presentes em troca de propaganda

Famosos ganham roupas, sapatos, cursos e até festas em buffets infantis

Ivy Farias, ivy.farias@grupoestado.com.br ,

18 de setembro de 2007 | 08h42

Academia: R$ 230 por mês. Buffet infantil: R$ 3.980 (festa para 50 crianças). Consulta médica: R$ 590. Corte de cabelo: R$ 330. Curso de neurolingüística: R$ 3 mil. Sapato: R$ 570. Conseguir tudo isso 'na faixa' não tem preço. Enquanto serviços sofisticados e roupas caras custam alto para a maioria dos 'mortais', há quem tenha tudo de graça, sem desembolsar um tostão. Os beneficiados são personalidades da música, do cinema e da TV, que ganham os produtos em troca da propaganda.   'O impacto visual que estas pessoas trazem é muito interessante', explica Murilo Pace Vernier, gerente de vendas da academia Ecofit, freqüentada por celebridades como Débora Falabella e Juan Alba. Lá, os descontos para os famosos variam de 20% a 30%. Alguns, no entanto, podem receber até 100%, dependendo da visibilidade que têm. 'Quem faz a seleção é o marketing. E não existe critério específico para a escolha', completa o gerente.   Alguns artistas pedem descontos, outros ganham. Vários buffets infantis, por exemplo, oferecem abatimentos generosos à modelo Renata Banhara todos os anos. 'Não que eu me esqueça do aniversário dos meus filhos, mas, com três meses de antecedência, começo a ser lembrada. Recebo ligações de lugares oferecendo as festas.' A modelo não paga pelas comemorações desde que seu filho caçula tinha um ano. 'Só me pedem para levar a imprensa.' Neste ano, a celebração será no Planet Tri, que cobra R$ 3.980 por uma festa para 50 crianças.   A modelo não vê problema nos 'jabás'. 'Acho justo que a gente ganhe coisas, principalmente roupas, porque aparecemos muito na TV. Não dá para comprar uma peça nova a cada vez que vou a um programa ou a um evento.' A cantora Adryana (ex-A Rapaziada) concorda. 'Não considero presente, porque pago com a minha assinatura. Às vezes, vou a uma loja só para dar crédito ao lugar.' Renata conta que já experimentou o outro lado da moeda: foi dona de uma loja de roupas. 'Dava as peças e um 'cachezinho'. Uma peça de roupa não mata o lojista.'   Já Marco Antonio di Biaggi, cabeleireiro de famosas como Adriane Galisteu, Luana Piovani e Daniela Sarahyba, garante que ninguém sai do seu salão, o MG Hair, sem pagar a conta. 'A terapia e uma cliente me ensinaram que não se pode dar aquilo que fazemos para ganhar o pão. Então, eu cobro mesmo.' Quer dizer que as artistas pagam R$ 330 pelo corte? 'Dou um bom desconto e, quando lanço produto novo, uma amostra grátis', ressalva. Mesmo sem 'presentear' as clientes famosas, Di Biaggi reconhece o poder delas. 'Vivemos na era das celebridades. E elas ditam moda, além de nos trazerem novas clientes.' Procurada pela reportagem, Adriane Galisteu disse, por meio do seu assessor, que estava gravando e não podia falar.   Fernando Pires, que se auto-intitula o 'sapateiro das estrelas', não vê problema algum em mandar as suas criações para Cláudia Raia, Déborah Secco, Hebe Camargo, Adriane Galisteu, Luciana Gimenez... 'Me sinto à vontade porque elas são minhas amigas e me ajudaram. Quero manter o meu título e vê-las todas bonitas', declara o sapateiro, que cobra R$ 570 num par. 'Mas só mando para as amigas. Pessoas que nem conheço? De jeito nenhum.' Pires diz que odeia celebridade abusada. 'Acho que o bom senso é necessário. A Hebe, por exemplo, só vai à minha loja quando eu não estou, porque, se estou, dou de presente.'   Nem toda famosa tem tal elegância. Luciana Gimenez pede cada peça de roupa que vai ao ar em seu programa, na frente das câmeras. Renata Banhara pede descontos. 'Mas faço isso como qualquer cliente', defende-se. Renata constatou que há lojas que, em vez de presentear, cobram mais dos artistas. 'Enfiam a faca. E, se quero pegar uma blusinha de liquidação, dizem que não tem mais no estoque.'   Lista de presentes    O que os famosos mais ganham:   AcademiaPerfume importadoCalças de grifeJóiasSapatosBolsasCursos de inglês e neurolingüísticaFesta infantilBiquínisConsultas médicas em dermatologistas e endocrinologistasCortes de cabeloLingeriesRoupasViagensSpasCosméticosMaquiagemTelefone celularCarroTratamentos estéticosCachorrosEntradas em shows e espetáculos teatrais

Tudo o que sabemos sobre:
Celebridades

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.