Celebridades exibiram estilo próprio no tapete vermelho

Entra ano, sai ano, e a cerimônia do Oscar reúne os cinéfilos de carteirinha e ocasião diante da TV para conferir os melhores do ano. A entrega dos prêmios pode até ser insossa, mas o desfile de celebridades pelo tapete vermelho é sempre diversão garantida. E é o que faz de fato o Oscar ser um evento único. Mais que os bolões e as bolsas de apostas, a discussão do ?gostei? e ?não gostei? que surge sobre cada um dos vestidos escolhidos pelas estrelas garante discussões até mais inflamadas que as de Melhor Filme... Foi-se o tempo em que o Oscar começava com a entrada do mestre de cerimônia no palco. Hoje até o menos metrossexual dos machos entende de moda, estilo e até de maquiagem. Tendência ou sinal dos tempos?

AE, Agência Estado

28 Fevereiro 2012 | 11h10

Sinal de que moda é relevante até na noite em que a arte em questão é a que se faz a 24 quadros por segundo. Ou não. Tudo muda no ano em que a película vai praticamente ceder seu lugar ao digital. E tudo muda também na moda.

Na era do fim das tendências, a tendência é ter a sua própria. Mas há que se admitir que algumas modas ainda se fazem presentes. E que o tapete vermelho não só dita como reflete o que é ou vai ser moda a cada ano. Bom exemplo é a onda nude, que tingiu de tom pastel as festas dos últimos anos parece estar desbotando um tanto. Basta ver as cores marcantes de looks como o de Viola Davis. Marcando posição em seu Vera Wang verde, ela combinou o tom do vestido com os acessórios, ousou ao surgir com cabelos curtos laranja (!) e se fez notar pela ousadia. Mais suave, Emma Stone apostou na "cor de resultado", ou vermelho cereja, de longo Giambattista Valli. Já Glenn Close prova que misturar as formas da alfaiataria de um terno com o rabo-de-sereia (que não é tendência. é clássico do Red Carpet há décadas) pode sim deixar uma diva mais contemporânea ainda. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Mais conteúdo sobre:
Oscar moda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.