SerendipityInc.
SerendipityInc.

CCXP 2018: Mauricio de Sousa anuncia parceria com a DC, aplicativos e detalhes sobre 'Laços'

Rodrigo Santoro vai interpretar o personagem Louco no filme de Daniel Rezende, que tem estreia marcada para o dia 27 de julho de 2019

Guilherme Sobota, O Estado de S. Paulo

07 Dezembro 2018 | 14h52

No auditório principal da CCXP, em São Paulo, cabem 3,3 mil pessoas – parece pouco se comparado com a expectativa total de público desta quinta edição do evento (260 mil). Mas é ali, no disputado espaços sempre lotado, é que são feitos os principais anúncios de novidades das diversas produções que compõem a programação.

Na sexta-feira, 7, a Mauricio de Sousa Produções revelou, entre outras coisas, o papel de Rodrigo Santoro no filme Turma da Mônica: Laços, o primeiro live-action com a turma do Limoeiro, dirigido por Daniel Rezende: ele será o Louco, personagem criado em 1973, amigo do Cebolinha, conhecido por fazer coisas absurdas. O trailer exibido na CCXP será divulgada na próxima semana. O filme estreia em 27 de julho de 2019.

A esperada parceria com a DC também foi confirmada: uma série de gibis da Turma da Mônica com a Liga da Justiça será lançada ano que vem, com capas alternativas com o traço da DC. Foram anunciadas também as próximas quatro Graphic MSP, as graphic novels da Turma: Mônica 2, de Bianca Pinheiro (março), Piteco, de Eduardo Ferigato (julho), Tina, de Fefê Torquato (setembro) e Capitão Feio 2, de Magno Costa e Marcelo Costa (dezembro). 

Na parte audiovisual, a MSP anunciou novas produções. Astronauta – Propulsão é a primeira série animada produzida pela HBO no Brasil (a série é inspirada na Graphic MSP de mesmo nome, de Danilo Beyruth), terá seis episódios, com supervisão de Mauricio de Sousa e roteiro de Roger Keesse. A data de estreia não foi divulgada. No canal do Youtube, novos episódios das séries Mônica Toy e Biduzidos serão produzidos – na primeira, ainda aparecem frutos da parceria com o espólio de Osamu Tezuka, celebrada no meio deste ano. “Não gosto de usar essa palavra, mas suavemente, do nosso jeitinho, estamos invadindo o Japão”, disse Mauricio de Sousa no painel.

A empresa anunciou ainda outras incursões no universo digital: 5 aplicativos e jogos estão sendo desenvolvidos para 2019, e um deles, já lançado, é a Banca da Mônica, uma gibiteca digital. Com assinaturas a partir de R$3,50, os fãs podem ter acesso ao acervo das revistinhas desde os anos 1970, aos novos gibis mensais e também podem fazer compras avulsas. Um dos públicos alvo é a população brasileira no exterior.

Para Entender

Tudo sobre a CCXP 2018

O que é a Comic Con Experience? Onde irá acontecer em 2018? Quanto custa ir ao evento? "Estado" preparou um especial que explica essas e outras dúvidas sobre o maior festival de cultura pop e geek realizado no Brasil. Confira!

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.