CCBB-SP anuncia programação do 2.º semestre

O Centro Cultural Banco do Brasil - São Paulo (CCBB - SP) divulgou a sua programação do segundo semestre. Dos 1.660 projetos inscritos pelo site da instituição, 39 foram selecionados para compor a nova agenda de atrações que é dividida nas áreas artes plásticas, teatro, cinema, vídeo, dança, música e programas educativos. Segundo o responsável pela área de Marketing e Comunicação do Banco do Brasil, Renato Naegele, são investidos R$ 5 milhões na programação de eventos culturais no CCBB de São Paulo, que já foi visitado por cerca de 35 mil pessoas. O objetivo é dar continuidade à proposta de integração de espaços e áreas artísticas, enfim, oferecer uma programação diversificada e interativa. Destaques - Para cada uma das áreas culturais há um tema ou destaques para a nova programação. Nas artes plásticas, o tema principal é a contemporaneidade. "O paulistano tem muito interesse pela arte contemporânea, e a proposta é que os artistas utilizem o prédio de uma maneira global", diz a gerente do Centro Cultural Banco do Brasil - São Paulo, Yole Mendonça. Como destaque está a mostra Anima Mundi, que ocorrerá a partir do dia 25 e é composta por esculturas, imagens e ilustrações de animação produzidas pelo cineasta belga Raoul Servais. No dia 14, será aberta a exposição Alex Flemming - Corpo Coletivo, composta por instalações do artista paulista e, no dia 29 de novembro, será aberta a exposição Arte Gráfica Russa, uma grande coleção de cartazes produzidos na Rússia antes e durante a instalação do regime socialista. Na programação teatral, o tema central é a vida na metrópole. Na quinta-feira, estréia a peça Pólvora e Poesia, sobre os poetas franceses Artur Rimbaud e Paul Verlaine, com João Vitti e Leopoldo Pacheco no elenco. A outra peça é Felizes para Sempre, que está marcada para iniciar no dia 13 de setembro e é uma homenagem ao dramaturgo Samuel Beckett. Na dança, como já ocorre, todo primeiro domingo do mês terá o evento Dança em Pauta, em que será apresentado um solo seguido de uma palestra. O mês de outubro será dedicado inteiramente à dança, trazendo ao público ciclos de palestras, a mostra Dança no Cinema e apresentações de grupos com pesquisas variadas. Na música, o CCBB traz o programa Terças Musicais, com apresentações de música erudita. É marcante a comemoração do centenário da morte do compositor italiano Giuseppi Verdi e também a ópera criada pelo músico curitibano Arrigo Barnabé. No audiovisual, as atenções voltam-se para a mostra Anima Mundi, que terá início no dia 24 e a mostra de cinema português. O CCBB ainda promoverá o programa Rodas de Leitura - encontros com importantes escritores brasileiros e ciclos de palestras sob o tema O Homem Máquina, sobre existencialismo e biotecnologia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.