Imagem João Wady Cury
Colunista
João Wady Cury
Palco, plateia e coxia
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Caverna.Club: Primeiro filme é inesquecível

Famous First Films, perfil que reúne em um baú digital primeiras obras, tem trabalhos de Martin Scorsese, Werner Herzog e outros diretores

João Wady Cury, O Estado de S. Paulo

07 de maio de 2020 | 03h00

Sempre tive curiosidade, confesso que mórbida, por saber se grandes cineastas de todos os tempos foram incríveis desde o primeiro filme, mesmo naquele curta feito na escola de cinema. Chafurdando, brotou das profundezas da internet o Famous First Films, perfil que reúne em um baú digital primeiras obras. Tem Martin Scorsese, com seu curta meigamente denominado What’s a Nice Girl Like You Doing in a Place Like This, ainda aluno da New York University, o alemão Werner Herzog, com o seu The Heracles, e o diretor do Monty Phyton Terry Gilliam, Storytime.

DEZENAS À ESPERA 

São mais de 80 filmes no Famous First Films e, o melhor, nos mais diferentes estilos. Para quem gosta de Tim Burton tem Houdini: The Untold Story, adeptos do malucão Lars Von Trier podem se regozijar com The Trip to Squash Land, aficionados pelo pai da série De Volta para o Futuro, Robert Zemeckis, podem assistir a The Lift, ou os amalucados por Brian De Palma não podem perder Woton’s Wake

youtube.com/retroslave01

HELLO, FRANK! 

Sim, ele mesmo, Frankenstein. Diretinho na sua casa. Pelo menos assim você terá para onde correr, se é que será possível. Benedict Cumberbatch (Doutor Estranho, Sherlock) é o cientista Victor Frankenstein, que dá vida à criatura que mais parece um patchwork de partes humanas, vivido pelo ator Jonny Lee Miller (Trainspotting, Elementary). Trata-se de uma produção do National Theatre de 2011, disponível na rede até a sexta-feira, 8, para o seu terror. A adaptação é de Nick Dear, baseada no romance de Mary Shelley e com direção de Danny Boyle. Serão duas horinhas de pura angústia e apreensão. Até porque não se esqueça: é o encontro de dois atores que fizeram Sherlock Holmes, cada um à sua maneira. A diferença é que Jonny Lee Miller, digamos, tem uma vantagem de músculos. Além de ator, o britânico encasquetou que seria lutador de muai thai e jiu-jítsu. Há um ano, subiu ao ringue na Friday Night Fights, em Nova York, e venceu seu oponente por nocaute. Fera que ruge.

VAI PASSAR 

A Tapera Taperá tem vários cursos pagos em vídeo, mas no perfil do YouTube da entidade são mais de 300 vídeos gratuitos de debates e cursos nas áreas de política, economia, psicologia, literatura, antropologia, sociologia, filosofia e muito mais. Vale o passeio. 

Clique aqui para acessar o canal no Youtube.

3 dicas de Juan Esteves, fotógrafo e jornalista

  • 1. Van Gogh

Cartas do pintor holandês. vangoghletters.org

  • 2. Leonardo Finotti

Um dos mais importantes fotógrafos de arquitetura. leonardofinotti.com

  • 3. Revista Studium

Reflexões sobre fotografia. studium.iar.unicamp.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.