Lucy Nicholson/Reuters
Lucy Nicholson/Reuters
Imagem João Wady Cury
Colunista
João Wady Cury
Palco, plateia e coxia
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Caverna.club: Felicidade é um nocaute fatal

Humanos, esses bípedes mal ajambrados, bordejantes e virulentos, apesar dos bilênios no planeta, têm predileções esquizoides quanto às opiniões

João Wady Cury, O Estado de S.Paulo

17 de setembro de 2020 | 03h00

Humanos, esses bípedes mal ajambrados, bordejantes e virulentos, apesar dos bilênios no planeta, têm predileções esquizoides quanto às opiniões. Beiçoca caída, olhar perdido no infinito à meia pálpebra, são adeptos da bipolaridade de posições, essa banalidade da escolha. Beatles ou Rolling Stones? Esquerda ou direita? Pavê de morango ou beijo de moça? Todas ou nenhuma seria a resposta, mas saudamos a disputa da inteligência ao quadrado do site Intelligence Squared. Distraídos e sem nos esfalfar, tomamos felizes um dos lados. Ou dois, quem sabe todos. 

intelligencesquared.com

Poesia na veia

De um lado a romancista britânica Jeanette Winterson, de Deuses de Pedra, e do outro o editor William Sieghart, criador de um dos maiores prêmios britânicos para poetas. E no meio dessa gente catita e legal está a atriz Helena Bonham Carter e o ator Jason Isaacs, ambos, para resumir a ópera, da série de filmes Harry Potter. Winterson e Sieghart defendem seus poetas cujas vozes são dadas pela atriz e pelo ator. Escolha um lado, se for capaz. youtu.be/WKoVNqjNqtY

Dickens x Tolstoi

Os vídeos do Intelligence Squared têm hora e meia de duração e mais difícil fica quanto mais se chafurda no baú de achados, com mais de 50 programas. Agora pulemos dois séculos e – pimba – chegamos a algum lugar do passado: Dickens x Tolstoi: A batalha dos grandes romancistas do século 19. De um lado do ringue está o celebrado professor Simon Schama para defender o russo Liev Tolstoi e, do outro, o professor e escritor John Mullan, paladino do escritor Charles Dickens. Emprestam suas vozes no duelo verborrágico a jovem e brilhante atriz londrina Zawe Ashton e o ator Tom Hiddleston (foto), conhecido por encarnar Loki, o irmão tresloucado de Thor, pobrezinho deste. youtu.be/gLXpYJDdEUI

Huxley x Orwell

Pancadaria da boa mesmo é quando se defrontam humanidade e seu futuro. Que miséria, que desgraça, melhor sair correndo a saltos de gazela. Nossa atualidade pandemoníaca dá de goleada nos dois tempos e na prorrogação. Não chegamos aos pênaltis por conta do óbvio: morremos antes. Fiquemos no vídeo: Admirável Mundo Novo x 1984. Sim, Aldous Huxley x George Orwell, com defensores de primeira. O tímido espalhafatoso Will Self, de Grandes Símios, por Huxley, e o escritor Adam Gopnik, por Orwell. youtu.be/31CcclqEiZw 

*É JORNALISTA E ESCRITOR, AUTOR DO INFANTIL ‘ZIIIM’ E DE ‘ENQUANTO ELES CHORAM, EU VENDO LENÇOS’ 

Tudo o que sabemos sobre:
literatura

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.