Causa da morte do filho de Marlon Brando será investigada

Médicos legistas de Los Angeles iniciaram uma investigação para averiguar a causa da morte do filho mais velho de Marlon Brando, após solicitação da família de Christian Brando, informou um legista do caso, na terça-feira. Os médicos realizaram uma autópsia, mas a confirmação da causa depende de exames toxicológicos que levarão de seis a oito semanas para serem concluídos, disse Ed Winter, assistente do chefe do instituto médico legal da cidade. Christian, filho de Brando com a atriz escocesa Anna Kashfi, morreu no sábado, aos 49 anos, em um hospital de Los Angeles onde estava internado para tratar uma pneumonia, de acordo com advogados da família do pai. Um advogado do espólio de Marlon brando, David Seeley, disse à Reuters que foi Kashfi quem solicitou a investigação da causa da morte do filho. "Nem o espólio de Marlon Brando nem seus beneficiários estão envolvidos nestas decisões", disse Seeley. "Neste momento, não temos razão para questionar as ações do hospital ou a causa da morte determinada anteriormente", acrescentou.

STEVE GORMAN, REUTERS

30 Janeiro 2008 | 09h56

Mais conteúdo sobre:
GENTE BRANDO INVESTIGACAO

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.