Cassetas já brincaram com a Ditadura

No primeiro filme que realizaram, os Cassetas ironizaram a ditadura militar dos anos 1970, a partir da conquista da Copa do México. Lançado em 2003, A Taça do Mundo É Nossa! brinca tanto com figuras históricas, como Che Guevara, com o roubo da taça Jules Rimet, ocorrida anos depois e que é o mote da trama. Embora a história se passe há mais de 30 anos, a intenção evidente é esculhambar o presente.

Ubiratan Brasil, O Estado de S.Paulo

23 Abril 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.