Caso Luana Piovani repercute no Rio

Encarregado do inquérito que apura asdeclarações da atriz Luana Piovani, que admitiu fumar maconha, o delegado Ruchester Marreiros Barbosa, da Delegacia deRepressão a Entorpecentes (DRE) disse que ela deve ser chamada a depor na semana que vem. ?Ainda não definimos a data,mas, provavelmente, será na quarta-feira.? Perguntado se, por ser uma pessoa pública e famosa, a atriz poderia não comparecerà delegacia, Ruchester foi taxativo. ?Onde ela estiver, em São Paulo, Recife ou Estados Unidos, vai ser intimada.? O caso provocou repercussão. Durante o III Simpósio Internacional sobre Álcool e outras Drogas, na zona sul, o secretário nacionalantidrogas, Paulo Roberto Uchôa, evitou dizer se Luana Piovani agiu de forma incorreta ao afirmar, publicamente, que fumamaconha, mas ressaltou que a legislação brasileira está defasada. ?O usuário não é criminoso. Criminoso é o traficante. Ousuário precisa é de tratamento?, disse, acrescentando a importância das penas alternativas.?Se você sair com um carro e passar no sinal vermelho, você não é um criminoso, mas se não for sancionado, vai atravessar denovo no próximo sinal vermelho. E de novo, e de novo. Até cometer um acidente gravíssimo e matar gente porque não foi punidoantes.? Sem criar polêmica, o secretário de Segurança Pública, Anthony Garotinho, também comentou o caso, durante entrevistacoletiva para divulgar o balanço de uma operação policial nos morros, que já dura uma semana. Ele hesitou um pouco e foicauteloso em sua resposta. ?Cada um é responsável pelas suas declarações e pelas conseqüências das suas declarações.? Nasemana passada, Luana Piovani deu uma entrevista ao jornal O Tempo, em que admite fumar maconha de vez em quando ?paradar uma relaxada.? Disse ainda que consegue qualquer tipo de droga ?a hora que quiser.? Por causa dessas declarações, oMinistério Público indiciou, anteontem, a atriz por apologia ao crime e incitação ao tráfico e uso de entorpecentes. Luana não foiencontrada para comentar a decisão da Justiça.

Agencia Estado,

07 de novembro de 2003 | 19h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.