Caso com governanta foi 'a coisa mais estúpida', diz Schwarzenegger

Arnold Schwarzenegger falou pela primeira vez numa entrevista de televisão sobre o relacionamento amoroso que manteve com a governanta da sua casa, o que disse ter sido "a coisa mais estúpida" que fez no seu casamento com Maria Shriver, por ter "infligido uma tremenda dor" à sua família.

Reuters

28 de setembro de 2012 | 17h00

Em entrevista que vai ao ar no domingo no programa "60 Minutes", Schwarzenegger admite ter mentido a Shriver sobre o caso. A CBS divulgou um trecho da entrevista na sexta-feira.

"Acho que foi a coisa mais estúpida que eu fiz em todo o relacionamento. Foi terrível. Infligi tremenda dor a Maria e uma dor inacreditável às crianças", disse o ator e ex-governador da Califórnia, de 65 anos.

Ele teve um filho com a governanta Mildred Baena, hoje adolescente, que cresceu sem saber que ele era seu pai. A revelação ocorreu no ano passado, logo depois de ele deixar o governo da Califórnia. Seu casamento de Shriver, que durou 25 anos e resultou em quatro filhos, acabou após a revelação.

A entrevista coincide com o lançamento, na segunda-feira, de uma autobiografia de Schwarzenegger.

(Reportagem de Piya Sinha-Roy)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTESCHWARZENEGGERGOVERNANTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.