Casa Mário de Andrade abre ciclo de leituras

Começa hoje na Casa Mário de Andrade um ciclo de leituras dramáticas com o grupo Luz e Ribalta, da Cooperativa Paulista de Teatro. A partir de hoje, o grupo lê uma obra literária a cada terça-feira até o fim do mês. A primeira leitura é de Réquiem Para um Rio Morto, de Galileu Garcia. As próximas serão Vidas Secas, de Graciliano Ramos, no dia 12, Saudosa Maloca, de Fauze Arap, no dia 19, Ralé, de Máximo Gorki, no dia 26. As leituras começam sempre às 19h30 e têm entrada franca.Casa Mário de Andrade - Rua Lopes Chaves 546, Barra Funda. Tel.: 3666-5803. Lotação: 40 lugares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.