Casa de Zélia e Jorge Amado será transformada em memorial

Prefeito de Salvador comparece ao velório da escritora e diz que criará comissão para apoiar implementação

Alvaro Figueiredo, de O Estado de S. Paulo,

18 de maio de 2008 | 16h45

Os filhos de escritora Zélia Gattai e Jorge Amado, Paloma e João Jorge, confirmaram neste domingo, 18, a intenção de criar um memorial em homenagem a seus pais, na tradicional casa da família, no Rio Vermelho. O prefeito João Henrique Carneiro (PMDB-BA), uma das muitas personalidades políticas que estiveram neste domingo no velório da escritora, que morreu na tarde de sábado em Salvador, anunciou sua adesão à proposta e disse que criará uma comissão municipal para apoiar sua implementação.   Veja também:  Imagens da escritora  Corpo de Zélia Gattai será cremado nesta tarde em Salvador  Morre em Salvador, aos 91 anos, a escritora Zélia Gattai  Zélia foi um símbolo da força da mulher brasileira, diz Lula  ABL decreta luto de três dias pela morte de Zélia Gattai   Zélia foi vítima de insuficiência cardíaca e edema agudo pulmonar, e submeteu-se a pelo menos três outras internações, para tratar, inclusive, de uma queda. Pouco antes do seu falecimento, Zélia foi retirada da UTI e transferida para um quarto, onde passou os últimos instantes em companhia de familiares. O governador Jaques Wagner (PT) decretou luto oficial de três dias na Bahia, pelo falecimento da escritora.    O dia bastante chuvoso em Salvador não impediu que centenas de políticos, intelectuais e populares comparecessem ao velório, todos lamentando a perda da escritora e ressaltando o papel de destaque que ela e Jorge Amado ocuparam na cena cultural baiana e nacional. "A dor e a perda são questões irrespondíveis, mas os que conviveram com Jorge e Zélia sentem muita a falta que eles fazem", resumiu o artista plástico Mario Cravo Neto.   A cerimônia de despedida a Zélia Gattai começou na tarde deste domingo em uma das capelas do Cemitério Jardim da Saudade, mas a cremação só deve ocorrer na segunda-feira, com a entrega das cinzas à família prevista para terça-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
Zélia Gattai

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.