Casa de shows revive clima dos cabarés

São Paulo ganha amanhã mais umespaço de entretenimento, o Café Concerto Uranus. O produtorcultural Carlito Caberra é o responsável pela programação doespaço, um galpão de 380 metros quadrados localizado no bairrode Barra Funda. Reformado, o galpão abriga um restaurante, áreapara exposição, pista de dança e dois palcos para espetáculos.Um pocket show com a cantora Cláudia Barroso, seguido doespetáculo Cabaré Urano, escrito e dirigido por PedroVicente, e uma exposição do artista plástico Nero de Jesusintegram a programação que inaugura a casa amanhã à noite. "Éuma casa de shows com capacidade para 200 pessoas, mas a idéia éque tenha o clima dos cabarés dos anos 20 e 30, ainda queambientação seja contemporânea", diz Caberra.Ele foi o responsável pelo convite ao dramaturgo PedroVicente - autor, entre outras, da peça Disk Ofensa,interpretada em recente temporada por Leona Cavalli e MárioBortolotto - e ao músico Pedro Paulo Bogossian para que juntoscriassem um espetáculo especialmente para a noite deinauguração." Acho interessante que a casa abra as portas parauma nova safra de artistas talentosos, ainda não estabelecidosem espaços mais tradicionais."Com nove atores/cantores e cinco músicos, o musicalCabaré Urano tira humor da cosmogonia grega. "A gente contaa história da criação do mundo de acordo com a mitologia grega", adianta o diretor. "Queremos mesmo é alegrar as pessoas nesseespetáculo, que intercala narração, diálogos e canções minhas edo Pedro Paulo Bogossian."No princípio era o caos. Não só na cosmogonia cristã,mas também na grega. No princípio era o caos, narram as atrizesCarol Brada e Lígia Tosello, que assumem no palco o "papel" deluas de Urano. Elas vão contar como a discórdia, a ambição, aargúcia, tudo habitava o caos, tudo estava em Gaia até o momentoem que Urano, o princípio masculino, gerado por Gaia, declara-seo deus de tudo. Não podendo negar a palavra de um deus, Gaiaresolve gerar um filho para destronar Urano que, como estratégia, impede Gaia de parir. Saturno separa Urano de Gaia. A partirdaí, surge céu, terra e mar. É o início de tudo, o começo dotempo. Essa cosmogonia vai se contada e cantada hoje à noite nopalco do Café Concerto Uranus."Estamos preparando um espetáculo maior, um segundo ato, após o mito da criação, um grande encontro entre os deuses quehoje dão nome aos planetas do sistema solar", antecipa PedroVicente. O Cabaré Urano completo, em dois atos, deve estrearno dia 14, também no Café Concerto Uranus.Cabaré Urano. Texto e direção Pedro Vivente. Duração:50 minutos.De quinta a domingo, às 22 horas. Consumação mínima:R$ 15, 00, com direito a um drink. Café Concerto Uranus. RuaCarvalho de Mendonça, 40, tel. 3822-2801. Até 23/12. Amanhã,somente para convidados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.