Casa de Ernest Hemingway em Cuba é reformada

A casa em que morava o escritor americano Ernest Hemingway, nos arredores de Havana, foi reformada por especialistas americanos e cubanos. A residência se tornou um museu do autor de clássicos como Por Quem os Sinos Dobram e O Velho e o Mar. É possível conferir detalhes da vida íntima de Hemingway como as anotações que fazia na parede do banheiro registrando o seu peso. A máquina de escrever também foi mantida intacta, assim como as garrafas de bebida, algumas ainda pela metade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.