Cartunistas vão protestar na entrega do Prêmio Jabuti

Um grupo de cerca de dez cartunistas pretende protestar hoje contra decisão do júri do prêmio Jabuti de retirar, do autor Gonçalo Jr., a distinção de melhor biografia concedida ao livro "Alceu Penna e as Garotas do Brasil". Depois de promoverem um "twitaço", prometem levar cartazes e fazer barulho na cerimônia esta noite, na Sala São Paulo.

AE, Agência Estado

30 de novembro de 2011 | 10h37

O cartunista Rafael Terpins fez uma charge retratando um jabuti urinando em um livro, sobre a inscrição "Devolvam o prêmio do Gonçalo". É uma espécie de reedição da campanha "Chico, Devolva o Jabuti!", do ano passado, que questionou o melhor livro para Chico Buarque.

"Não acho que houve uma predisposição contra o Gonçalo", disse Franco de Rosa, um dos manifestantes. "Só acho um absurdo dar um prêmio importante como este e logo depois tomá-lo de volta por desconhecer que a obra possuía uma edição ''caseira''". Os cartunistas também ficaram particularmente irritados com o fato de que a biografia retrata importante desenhista. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
literaturaprêmio Jabuti

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.