Cartas de Salinger ficam sem comprador

Uma coleção de cartas que o escritor norte-americano J.D. Salinger escreveu para sua única filha tiveram comprador, anunciou hoje em Nova York a casa de leilões Sotheby´s."Infelizmente nenhuma oferta foi feita para o preço mínimo?, afirmou um porta-voz da casa de leilões que manteve silêncio sobre o mínimo fixado por Margaret Salinger, filha do escritor.Sotheby´s estima que o valor dos textos poderia alcançar US$ 350 mil.Entre 1958 e 1993 Salinger escreveu 32 cartas para sua filha Margareth, que compunham a coleção.A notícia do leilão foi recebida com surpresa pelos especialistas, já que o autor de O Apanhador no Campo de Centeio insiste há décadas em manter sua vida privada longe de qualquer publicidade.J.D. Salinger, de 82 anos, vive retirado há anos em NewHampshire, com sua terceira esposa, uma enfermeira 45 anos mais nova do que ele. Em 1987, o escritor evitou com uma demanda judicial, que um biógrafo citasse fragmentos de suas cartas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.