Carta de Lennon a Eric Clapton vai a leilão em dezembro

Os organizadores espera arrecadar US$ 30 mil; músico sugeriu que eles formassem banda juntos

Reuters

05 de novembro de 2012 | 21h03

LOS ANGELES - Uma carta do músico John Lennon ao colega Eric Clapton, escrita em 1971, será leiloada em dezembro nos Estados Unidos, e os organizadores esperam arrecadar até 30 mil dólares com ela.

Na carta manuscrita, datada de 29 de setembro de 1971, Lennon manifesta respeito e admiração pelo guitarrista britânico e sugere que eles formem uma banda juntos.

"Eric, sei que posso trazer algo realmente grande, na verdade maior para você do que tem sido evidente até agora na sua música. Espero que possamos trazer o mesmo tipo de grandeza em todos nós, o que eu sei que acontecerá se e quando ficarmos juntos", escreveu Lennon, que foi assassinado em 1980, aos 40 anos.

O leilão da carta, junto com outros itens relativos a músicos famosos, foi marcado para 18 de dezembro, em Los Angeles, disse a casa de leilões Profiles in History. Os cerca de 300 itens à venda pertencem a um colecionador particular norte-americano.

Clapton, como sabem os fãs, quase se tornou um Beatle. Ele tocou na Plastic Ono Band, formada por Lennon e sua mulher, Yoko Ono, em 1969, ano que antecedeu à separação dos Beatles.

Ele também tocou na gravação de While My Guitar Gently Weeps, do Álbum Branco dos Beatles.

"Houve um momento em que George Harrison pensou em deixar a banda, e seu substituto seria Clapton, então essa carta é um elo do que poderia ter sido", disse o leiloeiro Joe Maddalena.

Tudo o que sabemos sobre:
GENTELENNONCARTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.