Carnaval domina a programação

A Ilha da Imaginação

UBIRATAN BRASIL, O Estado de S.Paulo

09 Fevereiro 2013 | 02h09

15H30 NA RECORD

(Nim's Island). EUA, 2008. Direção de Jennifer Flackett, Mark Levin, com Jodie Foster, Abigail Breslin.

Baseado no livro de Wendy Orr, o filme conta a história de garota que mora com o pai biólogo numa ilha paradisíaca. Quando ele se perde no mar, a única pessoa que responde ao pedido de socorro da menina é sua autora favorita de histórias de heróis - e a escritora sofre de agorafobia, detesta a vida selvagem. Mas tudo dá certo, com o herói invadindo a realidade. A fórmula repete antigos sucessos (como O Magnífico, de Philippe de Broca, com Jean-Paul Belmondo). Abigail Breslin, de A Pequena Miss Sunshine, rouba a cena. Reprise, colorido, 96 min.

Curtindo a Vida Adoidado

16 H NA REDE BRASIL

(Ferris Bueller's Day Off). EUA, 1986. Direção de John Hughes, com Matthew Broderick, Alan Ruck.

Matthew Broderick iniciou a carreira em papéis de adolescentes malandros, mas com inteligência, como nesta simpática comédia. Ele é Ferris Bueller, que se acha bom demais para desperdiçar sua juventude trancafiado na escola. Para isso, inventa esquemas incríveis. Não perca a dança coletiva sob o som dos Beatles, é eletrizante. Exemplo que comprova a grande habilidade que tinha o diretor John Hughes para dirigir comédias juvenis. Reprise, colorido, 103 min.

Coração do Samba

21H30 NA TV BRASIL

Brasil, 2012. Direção de Thereza

Jessouroun.

Documentário que revela, pela primeira vez, as entranhas da bateria de uma escola de samba. Centrado na bateria da Mangueira e narrado pelo filho do fundador da bateria da escola, Elmo dos Santos, o filme mostra o exuberante universo de musicalidade e de paixão pela escola de samba e pela percussão. Contrapondo passado e presente, o filme mostra os ensaios nas ruas, na quadra e no sambódromo, a tradição que passa de pai para filho, a afinação dos naipes, a manutenção dos instrumentos, informações sempre embaladas por um ritmo arrebatador. Inédito, 72 min.

Cujo

23 H NA REDE BRASIL

(Cujo). EUA, 1983. Direção de Lewis Teague, com Dee Wallace, Danny

Pintauro.

Cão da raça são-bernardo é mordido por morcego e vira um monstro sanguinário que aterroriza família. O diretor Lewis Teague se apoiou em um original de Stephen King para fazer esse filme que segue uma das duas tendências de sua carreira. Ele oscila entre o terror animal - dirigiu também Jacaré Assassino - e o divertimento familiar, tipo A Joia do Nilo. Reprise, colorido, 92 min.

Durval Discos

23H15 NA CULTURA

Brasil, 2002. Direção de Roberto

Gervitz, com Ary França, Etty Fraser, Marisa Orth, Letícia Sabatella.

Durval (nome que a diretora Anna Muylaert emprestou do avô) é um sujeito quarentão que parou no tempo: além de exibir um visual típico dos anos 70, ainda vive com a mãe em uma casa que também abriga a loja que leva seu nome e onde só vende 'bolachões'. A rotina é quebrada com a entrada dos clientes, alguns desavisados, outros fiéis compradores. Em um momento em que a indústria fonográfica passa por uma crise, os antigos LPs voltam a ser objeto de desejo, tornando ainda mais atual o filme de Muylaert. E, além de simpático, o longa é inteligente. Um bom programa. Reprise, colorido, 96 min.

20 Anos de Suvaco

3 H NA TV BRASIL

Brasil, 2006. Direção de Paola Vieira,

Os 20 anos da história do bloco de carnaval de rua Suvaco do Cristo, do Rio de Janeiro, são contados no documentário da produtora e diretora, Paola Vieira, uma das fundadoras do grupo. O bloco nasceu na década de 80, em uma manifestação pacífica na praia contra o ex-presidente Jânio Quadros, que governou o Brasil entre 31 de janeiro de 1961 e 25 de agosto de1961, data em que renunciou. Mais um programa típico dessa época de folia. Reprise, colorido, 52 min.

Cemitério sem Cruzes

4H05 NA REDE BRASIL

(The Rope and The Colt / Une Corde, Un Colt). França, Itália, 1969. Dirigido

e interpretado por Robert Hossein, com Michèle Mercier, Lee Burton.

Pistoleiro é contratado por viúva para vingar a morte do marido. Com uma bela carreira no cinema e no teatro, o diretor Robert Hossein iniciou aqui sua participação no spaghetti western. Além de violento, o filme tem um toque erótico. Vale conferir. Reprise, colorido, 87 min.

TV PAGA

E o Sangue Semeou a Terra

13 H NO TCM

(Bend of the River). EUA, 1952. Direção de Anthony Mann, com James Stewart, Arthur Kennedy, Julie Adams.

Fora da lei resolve deixar a vida de criminoso e, para mostrar sua bondade, guia colonos pelas misteriosas trilhas do Oregon. Mas ele possui um segredo: seu violento passado como assaltante na fronteira do Mississippi, que acaba retornando quando ele encontra um antigo comparsa. O segundo western da memorável série que o diretor Mann realizou com o astro James Stewart nos anos 1950. Segue-se a Winchester 73 e foi feito no mesmo ano de O Preço de Um Homem. Para fãs do gênero, é um programão, pois os westerns de Mann, com seus elementos 'negros' e psicanalíticos não costumam negar fogo. Reprise, colorido, 91 min.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.