Carnaval de Havana tem início com desfiles no Malecón

A festa começou com o tradicional desfile de carros alegóricos, música e blocos

EFE

02 de agosto de 2008 | 04h02

O Carnaval de Havana, festa mais popular da capital cubana, teve início nesta sexta-feira com o tradicional desfile de carros alegóricos, música e blocos pela emblemática região do Malecón. O desfile foi aberto após o tradicional tiro de canhão havanês das 21h locais (23h de Brasília) em três pontos da avenida do Malecón, ao longo de um quilômetro e meio. Durante nove noites, a cidade será contagiada pelo espetáculo, que, este ano, homenageia o 50º aniversário da Revolução Cubana, que será completado em 1º de janeiro próximo. Os foliões tradicionais, chamados "comparseros", interpretam músicas, apresentam danças folclóricas e desfilam por toda a avenida levando estandartes e enormes bonecos. A festa ultrapassa a área do Malecón, sua sede principal, e também envolve outros pontos da cidade, onde centenas de artistas interpretarão ritmos da música popular cubana como rumba, timba, son e bolero. O tráfego da cidade já foi alterado em várias ruas, e as autoridades policiais pediram aos motoristas que respeitem as medidas propostas. Também foi solicitado que pessoas não compareçam à festa "com armas brancas ou de fogo" e "garrafas de vidro", para "evitar acidentes". O Carnaval cubano tem sua origem na época colonial. Segundo registros históricos, as primeiras festas do tipo em Havana foram realizadas em fevereiro de 1895.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.