Carlos Nascimento estreia novo programa no SBT

Não é só na Globo que tirar os âncoras da bancada do jornalismo virou tendência. Carlos Nascimento, que comanda o "Jornal do SBT", dá início a uma nova experiência nesta quarta, às 23h30, quando apresenta a estreia de "O Maior Brasileiro de Todos os Tempos", programa que elegerá o personagem mais importante da história do País, segundo o público.

AE, Agência Estado

10 Julho 2012 | 11h41

"Vou fazer o programa porque nele há outros jornalistas envolvidos. Não é uma tendência que estamos seguindo por causa da Fátima (Bernardes) e do (Pedro Bial)", diz Nascimento. "Fui escolhido, o Silvio (Santos) que quis. É para fazer bem feito ou perder o emprego", brinca o ex-contratado da Globo, que, vale lembrar, tem mais um ano e meio de contrato acertado com o SBT.

Na nova atração, com formato elaborado pela BBC e exibida em mais de 20 países, Carlos Nascimento apresentará o perfil de 100 candidatos ao título, que passarão por eliminações a cada semana até chegar à final, em setembro, quando apenas três concorrentes estarão no páreo.

Os nomes foram sugeridos pelos telespectadores em uma votação aberta de janeiro a abril deste ano. "Foram cerca de 1,2 milhão de pessoas. Teve gente que votou até no pai", revela Michael Ukstin, diretor da atração. Segundo ele, 49% dos escolhidos são pessoas ainda vivas. Os pré-requisitos para os participantes é que fossem brasileiros ou naturalizados. Personagens folclóricos, como saci-pererê, também não entraram na lista. Para quem pensou logo em Silvio Santos, o programa deixou as estrelas da casa de fora. "É por credibilidade. Senão, vão dizer ''Ah, é do SBT''", diz o diretor.

A produção selecionou os votados de acordo com cinco características: coragem, legado, caráter, compaixão e liderança. "Nós, brasileiros, passamos a avaliar os outros pelo fato de serem bem-sucedidos ou pela exposição na mídia. Isso não reflete quem é importante", analisa Nascimento.

À exceção de cantores, que podem fazer performances no programa, concorrentes de outras profissões não estarão no palco. "A cada edição, teremos embaixadores de dois candidatos. Pode ser gente que estudou sobre determinada figura ou até parentes", conta Michael Ukstin. Além dos debates, a cada quarta-feira serão exibidos vídeos com um pouco da história de cada candidato. As informações são do Jornal da Tarde.

Mais conteúdo sobre:
SBTCarlos Nascimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.