Carlos Miele e Carolina Herrera nos desfiles de Nova York

O estilista brasileiro e a venezuelana dominam passarela da Fashion Week com cores e sofisticação

EFE,

15 Fevereiro 2010 | 19h14

Cores e desenhos geométricos marcam desfile de Carlos Miele. Foto: Miguel Rajmil/EFE

 

NOVA YORK - O estilista brasileiro Carlos Miele e a venezuelana Carolina Herrera dominaram a Semana de Moda de Nova York nesta segunda-feira, 15.

 

Na coleção de inverno de Miele, considerado um talento consolidado na Fashion Week de Nova York, a mulher da próxima estação usará cores puras e formas geométricas. "Tentei fazer uma coleção com cores puras e geometria abstrata", disse Miele durante entrevista à Efe após seu desfile. O estilista disse que não pode deixar de lado suas raízes, ao dizer que trabalha com cores e texturas que realçam o corpo. "Estou aprendendo a vestir as europeias, as americanas e as japonesas de uma maneira que se adapte ao estilo de vida de cada uma".

 

Uma das características de Miele é introduzir um tecido biodegradável, o 'ecodenim', produzido com restos de tecido de calças jeans. "É um jeans claro feito com sobras de jeans sem aditivos químicos. O único material usado no processo é a manteiga da fruta cupuaçu, típica da Amazônia", disse o estilista.

 

 

Mulher de Carolina Herrera é sofisticada de dia e sensual à noite. Foto: Natalie Behring/Reuters

 

 

Já para Carolina Herrera, a mulher do inverno 2010 serás sofisticada, ultra-feminina e envolta em tecidos luxuosos, com múltiplos detalhes refinados. A inspiração de sua coleção, como é habitual para Carolina, é "a mulher segura, a que gosta de ser chique durante o dia e sedutora à noite", disse hoje a estilista em entrevista à Efe.

 

Seda, organdi, algodão, lã, tafetá e feltro são alguns dos tecidos que levam aplicações de peles nos casacos, jaquetas e boleros. O chapéu impera entre os acessórios de seu inverno. Segundo a estilista, além de favorecerem muito o traje, o frio está cada vez mais terrível.

 

"A coleção está cortada com linhas muito limpas, simples, mas com um detalhe importante em cada vestido", explicou. Carolina prefere o marrom chocolate, caramelo, azul, tons de cinza, vermelho e preto na cartela de cores e calçados de Manolo Blahnik.

 

 

 

 

 

Mais conteúdo sobre:
Carlos MieleCarolina Herrera

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.