Carlos Miele apresenta em NY coleção inspirada no barroco

A pintura italiana renascentista e barroca e os vitrais das catedrais românicas e góticas inspiram a coleção Primavera 2007 do designer brasileiro Carlos Miele, apresentadas em desfile realizado nesta quarta-feira na Semana da Moda de Nova York."Há uma influência barroca na coleção. Meus avós são italianos, e o Brasil é um país muito barroco", disse Miele à EFE. O desfile aconteceu em uma das passarelas instaladas na Bryant Park, em Manhattan, e teve a presença de modelos como a brasileira Carol Trentini.Para a próxima temporada, Miele joga com as tensões entre opostos. Ele combina vestidos longos até o tornozelo com outros muito curtos; o peso do couro e a leveza de tecidos transparentes, frescos e vaporosos como o linho."O couro pode ser usado tanto de dia quanto à noite", explicou Miele. Ele desenhou calças curtas e vestidos de couro com aberturas, um recurso que favorece a ventilação nas temporadas de primavera e verão.Em seu jogo com pólos opostos, o estilista também contrapõe as cores vibrantes, associadas ao mundo tropical e latino, e tons frios que refletem o espírito urbano de Nova York, sua segunda casa. "Estou passando muito mais tempo aqui. Nova York é o lugar perfeito para a moda e a arte. É o centro do mundo", disse.Este é seu terceiro ano que o estilista participa da Semana da Moda, o evento mais importante do setor em Nova York que conta com a presença de celebridades e representantes das indústrias de confecção, calçados e jóias.Na coleção de Primavera/Verão2007 Miele se inspirou nas cores e formas dos vitrais das catedrais para as estampas que usa em vestidos curtos e saias em camadas, assim como em trajes longos tipo túnica.Em contraste com a estamparia multicolorida, Miele oferece outros motivos que lembram a floresta tropical brasileira, como as plumas de aves e flores, complementadas por sandálias com aplicações de olho de tigre.As fitas de seda bordada e o crochê, técnicas artesanais favoritas de Miele para os detalhes, não faltam nesta coleção. Elas estão ao lado de tons mais sóbrios para a noite, como o azul e o preto.Uma das criações mais audaciosas apresentadas no evento, que foi apresentada ao som de uma música brasileira, foi um vestido longo branco com um decote transversal, ostentando uma volumosa aplicação de flores.Conhecido por seus modelos sensuais, Miele, que tem lojas em Nova York e em São Paulo, é também um artista multimídia. Isso explica sua inspiração na arte ao conceber suas coleções. Seus desfiles integram elementos de cenografia, vídeo e, às vezes, música ao vivo.

Agencia Estado,

14 de setembro de 2006 | 15h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.