Carlos Fuentes lança romance pela Internet

O novo romance do escritor mexicano Carlos Fuentes, de 72 anos, ainda não chegou às livrarias mas, Instinto de Inez, segundo informações da editora mexicana Alfaguara, estará à disposição dos leitores em breve. Não foi precisado quando. Os aficionados fãs de Fuentes têm como opção acessar o endereço eletrônico www.instintodeinez.com.mx. O site, lançado recentemente, traz em suas páginas o trecho inicial da obra, informações sobre o autor, um resumo da trama, uma entrevista concedida a Ignacio Solares, e um glossário, que revela personagens, fatos e instituições presentes no livro. Não é, no entanto, um livro de Fuentes publicado na Internet. Trata-se apenas de mais um truque de marketing, uma diferente forma de divulgar o trabalho dos artistas, que inúmeras editoras têm adotado. Fuentes, na entrevista publicada no site, abstém-se de comentar a campanha de lançamento de Instinto de Inez. Prefere situar a posição do livro dentro de sua obra. ?Ele faz parte de um grupo reunido em torno do título O Mal do Tempo?, afirma. Neste grupo, o escritor inclui, entre outros títulos, o livro Aura. Instinto de Inez, de acordo com o texto de divulgação publicado no site, marca a volta de Fuentes às narrativas realistas fantásticas. A história é protagonizada pelo diretor de orquestra Gabriel Altan-Ferrara, que se apropria de um frágil e mágico selo de cristal. É esse objeto, que traz dentro de si a força de uma paixão proibida, que lhe irá revelar o instinto de Inez, aparentemente, uma metáfora do instinto feminino, materno. A narrativa é entremeada por recursos literários musicais e foi escrita em segunda pessoa, o que dá a ela um lirismo característico de poesia.Perguntado por seu interlocutor se o personagem principal do livro é, novamente, o tempo, Fuentes afirmou: ?Eu gostaria de supor que o leitor irá caminhar a lado de Inez neste percurso pelo tempo, pela música e pela paixão, porque a origem da música é a paixão, a necessidade de gritar algo. A música originalmente é um grito de auxílio que te diz ?aqui estou, ajuda-me??.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.