Carlos Fuentes é candidato ao Prêmio Man Booker

Um total de 15 autores de 10 países, entre eles o mexicano Carlos Fuentes, foi selecionado para o prêmio Man Booker International, anunciou nesta quinta-feira, 12, em Toronto, a organização do evento. Os candidatos da segunda edição do prêmio são, além de Fuentes, Chinua Achebe (Nigéria), Margaret Atwood (Canadá), JohnBanville (Irlanda), Peter Carey (Austrália), Don DeLillo (EUA),Doris Lessing (Reino Unido), Ian McEwan (Reino Unido) e HarryMulisch (Holanda).Também figuram na lista dos indicados Alice Munro (Canadá),Michael Ondaatje (Canadá), Amos Oz (Israel), Philip Roth (EUA),Salman Rushdie (Reino Unido) e Michel Tournier (França).O vencedor do Man Booker, que escolhe, desde 2005 e uma vez a cada dois anos um escritor vivo que publique livros de ficção em inglês ou cuja obra esteja disponível em inglês, recebe 60 mil libras (R$ 240 mil).O ganhador da primeira edição foi o escritor albanês Ismail Kadaré.O Man Booker International é a versão internacional do prêmio de literatura mais prestigioso do Reino Unido, patrocinado pelo Grupo Man, um dos mais importantes do mundo anglo-saxão.Ao anunciar a lista de candidatos, Harvey McGrath, presidente do Grupo Man, enfatizou que "o valor desse prêmio único, que reconhece escritores de todas as nações do mundo, está em sua contribuição em estimular uma maior leitura e debate da ficção contemporânea".O vencedor será anunciado em meados do ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.