Philippe Wojazer/Reuters
Philippe Wojazer/Reuters

Carla Bruni não confirma gravidez

Primeira-dama da França se negou responder às perguntas dos jornalistas sobre os rumores

EFE,

17 de maio de 2011 | 13h13

A primeira-dama da França, Carla Bruni, se negou nesta terça-feira a responder às perguntas dos jornalistas sobre os rumores de gravidez, no mesmo dia em que o pai do presidente francês, Nicolas Sarkozy, confirmou que ela estava grávida ao jornal alemão Bild.

Os jornalistas perguntaram a ela sobre sua gravidez quando chegou acompanhada do ator Gérard Depardieu a um ato da fundação contra o analfabetismo que ela preside.

Veja também:

link'Será uma menina, e tão bonita como Carla', diz Pal Sarkozy

A mulher do ex-presidente da França Jacques Chirac, Bernadette, que estava presente no ato, disse à imprensa que não é frequente a chegada de um bebê ao Palácio do Eliseu.

"Carla tinha me falado de seu desejo há algum tempo. É uma notícia muito, muito boa, motivo de completa felicidade", disse.

Nesta semana, em seu comparecimento no telejornal da emissora TF1 para falar sobre sua fundação, a primeira-dama se limitou a agradecer com um sorriso a indireta do apresentador, que disse: "não eu gostaria de entrar em sua vida privada, mas quereria felicitá-la".

Durante o ato desta terça-feira, celebrado no Centro Pompidou, Bruni se limitou a falar sobre o analfabetismo na França.

Segundo os dados apresentados por sua fundação, atualmente há 3,1 milhões de pessoas de entre 18 e 65 anos analfabetas na França, o que representa 9% da população

Tudo o que sabemos sobre:
Carla BruniNicolas Sarkozy

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.