"Carga Pesada" vai falar de prostituição infantil

Recheada de patrocínios e merchandisings comercias, a série Carga Pesada trará, nesta nova safra de episódios, um bom tema para ser enfocado como merchandising social: o combate à prostituição infantil. Pouco abordado na teledramaturgia brasileira, o assunto ganhará vez em um dos episódios da série, que volta ao ar na próxima terça-feira. Será em O Passado me Condena, de Álvaro Ramos. Nele, os caminhoneiros Pedro (Antônio Fagundes) e Bino (Stênio Garcia) vão acabar parando em uma zona de prostituição, onde dão de cara com jovens menores de idade trabalhando como prostitutas. A atriz Maytê Piragibe vive uma dessas garotas, assim como Viviane Victoretti (a Regininha de O Clone). Ela será Janete, uma adolescente que vira prostituta e não consegue se livrar desse mundo. A Globo promete tocar no assunto de forma que sensibilize o público, mas sem levantar bandeiras para telefones de denúncias e afins. Entre os outros episódios da série está Caminhos Cruzados, escrito por Antônio Fagundes. Nele, Pedro conhece Nadi (Nadia Rovinsky) com quem terá um tórrido caso de amor. Só que a namorada dele, Rosa, caminhoneira vivida por Patrícia Pillar, acabará descobrindo o caso e vai romper com ele. Além desses dois episódios, Fagundes e Stênio já gravaram cenas de outros dois: Fronteira Sem Lei, de Ivan Sant´Anna, e A Vaca do Milhão, de Walther Negrão.Com a volta da série ao ar, a Globo aproveita para lançar um DVD com os quatro primeiros episódios da nova fase do programa, transmitidos no início do ano. O DVD, que será lançado em agosto, trará os episódios de A Grande Viagem, cenas inéditas, bastidores das gravações e comentários do diretor-geral da série, Marcos Paulo, do diretor Roberto Naar e dos atores Antônio Fagundes e Stênio Garcia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.