Carey na final do Man Booker 2010

LITERATURA

EFE, O Estado de S.Paulo

08 de setembro de 2010 | 00h00

O australiano Peter Carey pode conquistar pela terceira vez o Man Booker, mais importante prêmio britânico para obras de ficção. O autor concorre com o romance Parrot and Olivier in America (Faber and Faber), uma improvisação em torno da vida do historiador e pensador francês Alexis de Tocqueville (1805-1859). Os outros finalistas anunciados ontem são Emma Donoghue (por Room); Howard Jackson (The Finkler Question); Andrea Levy (The Long Song); Tom McCarthy (C ); e Damon Galgut (In a Strange Room). O ganhador do Booker será anunciado na noite de 12 de outubro e receberá um cheque de 50 mil libras (cerca de R$ 132 mil).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.