Caravana leva 32 peças ao interior e litoral de SP

A Secretaria da Cultura do Governo de São Paulo assina nesta quinta-feira o contrato para a implantação da Caravana Paulista de Teatro, que pretende levar 32 peças que estiveram em cartaz no último ano na capital paulista para 192 sessões em quase 170 cidades do interior e litoral do Estado.Cada uma das companhias teatrais irá apresentar-se apenas seis vezes. Para cada encenação, o governo quer pagar R$ 3 mil e liberar a bilheteria para as companhias, desde que o ingresso não custe mais do R$ 5, podendo mesmo ser de graça. As companhias foram escolhidas por um júri organizado pela secretaria estadual e as cidades que se candidataram para receber os espetáculos devem arcar com transporte, alimentação e hospedagem do elenco.As apresentações da Caravana começam no dia 17, na cidade de Monguagá, com o espetáculo de Ester Góes, A que Ponto Chegamos, às 21h, no Centro Cultural Raul Cortez. Entre as cidades que farão parte do roteiro teatral estão Santa Rita do Passa Quatro, São José da Boa Vista, Avaré, Amparo, Monguagá, Paranapiacaba, Tupi Paulista, Mineira, Taboão da Serra, Santo André, Santa Cruz do Rio Pardo, Piracicaba e Guarujá.Entre 153 inscritos, apenas 19 peças adultas e 13 infanto-juvenis foram escolhidas. Entre os espetáculos selecionados estão Domésticas, Cantos peregrinos, Contos da Sedução, Anjo Duro, As Sereias da Zona Sul, A Comédia do Trabalho, Pobre Super Homem, Ppp@wllshkspr.br, Otto Lara ou Bonitinha mas Ordinária, Toda Nudez Será Castigada e A Falecida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.