Capa da 14ª edição da revista do Super-Homem vai a leilão

Capa da 14ª edição da revista do Super-Homem vai a leilão

Ilustração foi decisiva para dar ao personagem o status de ícone norte-americano do século 20

Jill Serjeant, Reuters

10 de novembro de 2010 | 12h21

Uma ilustração original para uma capa de 1942 da revista do Super-Homem vai a leilão na quarta-feira pela primeira vez, como parte de um próspero mercado em que velhos super-heróis podem mudar de mãos por mais de 1 milhão de dólares.

 

A capa da edição 14 da revista, também conhecida como "do Escudo Patriótico", é apontada pela empresa de leilões ComicConnect.com como "de longe a mais valiosa arte original de uma revista em quadrinhos ainda existente".

 

O desenho do artista Fred Ray, do estúdio DC Comics, mostra o Super-Homem com uma águia sobre um braço, diante de um escudo com estrelas e listras - tema da bandeira dos EUA. A ilustração foi decisiva para dar ao personagem o status de ícone norte-americano do século 20.

 

Steven Fishler, executivo-chefe da ComicConnect.com, disse à Reuters que a obra deve superar os 500 mil dólares, mas que o preço real "é pura conjectura", por se tratar de um trabalho tão raro.

 

Neste ano, exemplares de revistas, como as primeiras aparições do Super-Homem, de 1938, e do Batman, de 1939, foram leiloados por respectivamente 1 milhão e 1,075 milhão de dólares. A ilustração original de uma capa é algo ainda mais raro do que esses exemplares.

 

O trabalho pertence a Jerry Robinson, 88 anos, membro da equipe original da publicação do Batman e criador do personagem Coringa. Ele levará a leilão também o original da capa que fez em 1942 para a revista Double Guns, na qual aparecem Batman, Robin e uma enorme imagem do Coringa.

 

Na década de 1940, os originais dos desenhos costumavam ser destruídos logo depois de as revistas saírem da gráfica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.