Cão escapa de gaiola em voo e força pouso de emergência nos EUA

Um pequeno cachorro escapou da gaiola em que estava e mordeu um passageiro e uma comissária em um voo da US Airways nesta segunda-feira, forçando um pouso de emergência em Pittsburgh.

REUTERS

06 de dezembro de 2010 | 18h00

O dono do cachorro abriu a gaiola em que o animal estava apesar de ter recebido orientações para não fazê-lo, disse a porta-voz da US Airways, Valerie Wunder.

O capitão do voo 522, que fazia o trajeto Newark-Phoenix, com 122 passageiros a bordo, decidiu alterar o percurso pois "gostaria de assegurar que todos estavam OK", disse Wunder, que afirmou desconhecer se haverá algum tipo de processo contra o dono do cachorro.

(Reportagem de Basil Katz)

Tudo o que sabemos sobre:
ODDAVIAOCACHORRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.