Cantora mexicana Jenni Rivera morre em acidente de avião no México

A cantora mexicana-americana Jenni Rivera morreu em um acidente de avião, depois que o jatinho em que viajava caiu no norte do México, afirmou o pai dela, no domingo.

Reuters

10 de dezembro de 2012 | 09h20

Um porta-voz do governo do Estado de Nuevo Leon disse que equipes de resgate encontraram os restos do Learjet de Jenni, que desapareceu do radar a 100 quilômetros da cidade de Monterrey, no norte do país, por volta das 3h30 da madrugada (horário local).

O pai da cantora, Pedro Rivera, falando depois que os destroços foram localizados, disse ao canal de TV Telemundo que as sete pessoas a bordo do avião, incluindo os dois pilotos, morreram.

"Todos foram perdidos", contou Rivera, acompanhado por seus dois filhos.

Investigadores ainda estão vasculhando o local do acidente, no município de Iturbide, ao sul de Monterrey.

Os Ministérios de Transporte e de Comunicação disseram que os destroços foram encontrados tão longe e dispersos que estava difícil reconhecer qualquer coisa.

Não ficou claro o que causou o acidente.

Jenni, de 43 anos, estava indo para a cidade de Toluca, na região central do México, depois de um show em Monterrey no sábado à noite.

Filha de imigrantes mexicanos, Jenni nasceu em Long Beach, Califórnia, e vendeu mais de 15 milhões de álbuns em sua carreira, ganhou diversos prêmios e recebeu indicações para o Grammy, segundo o site da cantora.

Mãe de cinco filhos, Jenni era famosa pelos estilos musicais Nortena e Banda.

(Por Dave Graham)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTECANTORAJENNIRIVERAMORREACIDENTE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.