Cantora Dionne Warwick declara falência

A consagrada cantora Dionne Warwick, de 72 anos, apresentou um pedido de falência a um tribunal de Nova Jersey, citando dívidas fiscais que ela atribuiu a uma má gestão financeira, disse o agente dela na segunda-feira.

Reuters

26 de março de 2013 | 10h38

O pedido foi feito em 21 de março, junto à Corte de Falências de Nova Jersey, Estado onde ela nasceu e vive atualmente. Ela citou um patrimônio total de 25,5 mil dólares e um passivo superior a 10,7 milhões de dólares - quase todo em dívidas tributárias com o Serviço Interno de Arrecadação (a Receita Federal dos EUA) e com o Estado da Califórnia.

O pedido de falência pessoal ocorreu por causa de "uma negligente e flagrante má gestão financeira" entre o final da década de 1980 e meados da de 1990, segundo nota divulgada por Kevin Sasaki, agente de Warwick.

O documento diz que a cantora tem uma renda mensal média de 20.950 dólares, e gastos de 20.940.

Sasaki disse que os impostos atrasados já foram pagos, mas que as multas e juros continuam em aberto.

"A luz da magnitude do seu passivo tributário, Warwick tentou repetidamente oferecer planos de repagamento" às autoridades tributárias federais e californianas, segundo Sasaki. "Esses planos não foram aceitos, resultando numa escalada dos juros e multas."

Warwick ganhou cinco prêmios Grammy na carreira, sendo o primeiro em 1968, pela canção "Do You Know the Way to San Jose?", um dos seus maiores sucessos.

(Reportagem de David Bailey em Minneapolis)

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEWARWICKFALENCIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.