Reuters
Reuters

Cantora Adele passa por cirurgia na garganta

Extração de um pólipo benigno nas cordas vocais obrigou a artista a cancelar todos seus shows até o final do ano; de acordo com fontes do hospital, a recuperação deve ser total

REUTERS

08 de novembro de 2011 | 17h58

(Reuters) - A cantora e compositora britânica Adele passou por uma microcirurgia nas cordas vocais e deve se recuperar totalmente, segundo fontes hospitalares de Boston.

A artista, ganhadora do Grammy, já havia cancelado seus shows até o final do ano devido a problemas na garganta. Ela extraiu um pólipo benigno das cordas vocais, que causava um sangramento recorrente, segundo nota do Hospital Geral de Massachusetts.

O problema "é tipicamente resultado de vasos sanguíneos instáveis nas cordas vocais, que podem se romper", disse a nota, acrescentando que os médicos preveem uma "total recuperação da sua microcirurgia a laser."

O hospital não revelou quando foi a cirurgia. Na semana passada, a cantora havia desmentido rumores na imprensa de que ela estaria com câncer na garganta.

A cirurgia, segundo o hospital, foi realizada pelo médico Steven Zeitels, pioneiro em vários procedimentos cirúrgicos na região das cordas vocais, inclusive o uso de lasers especiais para conter hemorragias em cantores.

Dias atrás, Adele cancelou dez shows nos EUA. Seu álbum 21 é o mais vendido do ano nos EUA, e no mês passado ela foi a artista com mais indicações no prêmio MTV American Music Awards, destronando nomes como Katy Perry e Lady Gaga.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Adele

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.