Cantor Van Morrison nega relatos de paternidade

O cantor Van Morrison negou que teve um filho com sua agente, dizendo que a declaração que apareceu em seu site há três dias foi colocada ali por um hacker.

REUTERS

01 de janeiro de 2010 | 15h58

A emissora estatal irlandesa RTE publicou um comunicado assinado por Morrison em que ele dizia que o anúncio do nascimento de um menino na segunda-feira "não tinha absolutamente base nenhuma".

Um comunicado afirmando que "Gigi e Van Morrison estão muito orgulhosos de anunciar o nascimento de seu primeiro filho, George Ivan Morrison III", também foi distribuído para a mídia pelo agente do cantor em Los Angeles, Phil Lobel.

Lobel descreveu Gigi Lee à Reuters na segunda-feira como a agente de Morrison e "mãe de seu filho".

Na quinta-feira, Lobel disse em comunicado que seu escritório havia "repassado informações do site oficial de Van Morrison, que teria sido hackeado (...). Lamentamos a confusão que isso causou".

Morrison disse que havia pedido investigação sobre o ataque, acrescentando que esse foi o segundo em três meses.

O cantor irlandês também disse em comunicado que estava "muito bem casado com Michelle Morrison, com quem tinha duas crianças maravilhosas".

Morrison, cuja carreira de 45 anos mistura soul, blues, jazz, R&B e country, também tem uma filha adulta, a cantora Shana Morrison, de seu primeiro casamento.

Tudo o que sabemos sobre:
GENTEMORRISONBEBE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.