Cantor Ricky Martin assume homossexualidade

O astro do pop latino Ricky Martin anunciou nesta segunda-feira que é gay em uma mensagem na Internet, encerrando anos de especulação.

REUTERS

29 de março de 2010 | 21h32

"Hoje aceito minha homossexualidade como um presente que a vida me dá. Me sinto abençoado de ser quem sou!", escreveu Martin em www.rickymartinmusic.com.

"Isso é só o que preciso, especialmente agora que sou pai de dois meninos lindos que são seres de luz e que me ensinam coisas novas a cada dia. Continuar vivendo como eu fiz até hoje seria ofuscar indiretamente esse brilho puro com o qual meus filhos nasceram."

Martin, de 38 anos, tornou-se pai de gêmeos em 2008 mediante um ventre substituto e à época não foram fornecidos detalhes acerca do parto ou da mãe.

O cantor portorriquenho de sucessos como "Livin' la Vida Loca" era tema de especulação por sua sexualidade. Em 2000, a jornalista de TV Barbara Walters perguntou se ela era gay, mas Ricky Martin não quis revelar.

Em sua declaração nesta segunda-feira, Martin disse que há alguns meses decidiu escrever suas memórias e isso o levou mais perto do que denominou um "ponto de virada em minha vida".

Martin foi integrante do conjunto juvenil Menudo e partiu para a carreira solo e ídolo adolescente durante a década de 1990 na América Latina.

Tudo o que sabemos sobre:
GENTERICKYGAY*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.